NOSSO ESCRITÓRIO

É uma sociedade de advogados, fundada com o propósito de atender a seus clientes de forma pessoal e dedicada, focando suprir todas as necessidades jurídicas do cliente. No intuito de prestarmos um atendimento diferenciado para empresas de todos os portes, unindo a prestação de serviços de forma direta, com profissionais qualificados, humanizando as relações, ao que há de mais moderno em termos de tecnologia.

MISSÃO E VALORES

Fundada com o propósito de atender a seus clientes de forma pessoal e dedicada,
focando suprir todas as necessidades jurídicas do cliente.

saiba mais

Matérias Recentes

10

Com 800 milhões de usuários, o WhatsApp já é a segunda rede social mais utilizada no mundo. Perdendo apenas para o Facebook, que tem 1,4 bilhão de usuários, o aplicativo está muito presente na vida das pessoas – são mais…

11

Abordagem a cliente por WhatsApp pode causar demissão?

5.09.2015 / by admin / 0 comentários

Um funcionário da NET abordou uma cliente via whatsApp. Ele conseguiu seus dados por meio do atendimento prestado e aproveitou essa informação privilegiada para abordar a consumidora. A denúncia de assédio sofrida por uma cliente da NET pode trazer graves…

Clientes

Guimarães e Gallucci

Nosso compromisso é com você, o cliente. Transmitimos confiança, pois nos fazemos sempre presentes e nos colocamos no lugar de cada um para entender melhor as necessidades e alocar o talento mais adequado a elas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RSS Consultor Jurídico

  • Michel Temer: quem sabe faz a hora, prende para a delação acontecer
    Michel Temer foi preso na continuidade da operação "lava jato" (operação radioatividade, pripryat e irmandade, vinculadas ao caso da Usina Nuclear Angra 3. Autos 0500591-66.2019, 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro). A prisão preventiva deveria ser em face do risco do objeto do processo, sendo inv...
  • O depoimento das partes em juízo e o compromisso com a verdade
    A ninguém é dado o direito de faltar com a verdade em juízo, nem fora dele, pois uma sociedade justa só se constrói com arrimo na verdade e na boa-fé. Não obstante, sabemos que a posição em que se encontram as testemunhas em juízo e as partes litigantes são distintas, quer pela função que cump...
  • Quinto constitucional vira debate sobre "superioridade histórica"
    O preenchimento de uma vaga no Tribunal de Justiça de Goiás chegou ao Conselho Nacional de Justiça. A discussão foi suscitada porque a vaga, que seria reservada à advocacia, foi destinada ao Ministério Público, valendo-se do "princípio da superioridade histórica". De acordo com a inicial da OA...