Cantora abriu um processo para descobrir quem são os usuários que estavam fazendo ameaças e ofensas racistas por meio da rede social